segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Pincéis na prática do Falso Vitral

Você sabe quais são os pincéis ideais para produzir a técnica de “Falso Vitral”? Para a autora do blog Arte em Vidro, o pincel adequado é aquele que perde menos pelo. Os pelos que o pincel perde, ficam logo colados ao verniz e nem sempre é fácil removê-los sem estragar a pintura.

Se utilizar uma quantidade maior de verniz para preencher os espaços no desenho, conseguirá remover o pelo do pincel com mais facilidade, com a ajuda de um objeto bicudo, como a ponta de uma faca. Se estiver pintando livremente sobre o vidro, será um pouco mais difícil remover o pelo sem afetar o desenho.

A espessura do pincel dependerá do tamanho do projeto que irá desenvolver. Para pequenos detalhes e preenchimento de espaços, o ideal é utilizar um pincel nº2 ou nº3. Se o projeto for de maior dimensão, ou para pintar sobre o vidro livremente, os melhores pincéis são mais espessos (nº4, nº 5 ou superior).

Há muitas marcas de pincéis à venda. Para a autora do blog, a marca não interessa tanto desde que o pincel tenha qualidade. Uma dica: na compra de conjuntos de pincéis, o preço por unidade é menor. Então, para quem utiliza diferentes tamanhos, esta é uma boa opção para economizar.

As informações foram retiradas do blog Arte em Vidro. Para acessar a página, basta clicar aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário